Conectividade IPv4/IPv6

 
Conectividade a rede Ipê

A RNP opera uma rede de backbone para atender à comunidade acadêmica e de pesquisa, oferecendo acesso à Internet por meio dos seus pontos de presença (PoPs) regionais. Os PoPs da RNP, que compõem o seu backbone nacional, estão presentes em todos os 26 Estados da Federação e no Distrito Federal.

O PoP-SE, como integrante do backbone nacional da RNP, está atualmente conectado ao Rio de Janeiro e à Bahia por dois enlaces independentes de 10 gigabits por segundo.

Como se conectar à Rede Ipê da RNP?

rede Ipê, operada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), é uma infraestrutura de rede Internet avançada. Foi concebida para atender com excelência de qualidade à comunidade de ensino e pesquisa brasileira, interconectando instituições e redes regionais em nível nacional e oferecendo links próprios para a Internet (Internet commodity) e para outras redes acadêmicas internacionais como a Clara(América Latina), Internet2 (Estados Unidos) e Géant(Europa).

O uso da rede Ipê é regido por um conjunto de regras básicas, dispostas na política de uso aprovada pelo Comitê Gestor RNP em 2001 e atualizada em 2007. Todas as instituições interessadas em estabelecer uma conexão ao backbone da RNP e, conseqüentemente, fazer uso de seus serviços de rede, devem solicitar a qualificação como usuária. A solicitação é avaliada e aprovada pela Comissão de Avaliação de Qualificação (CAQ) do Comitê Gestor RNP, de acordo com os termos da política de uso.

O primeiro passo para solicitar a qualificação é a leitura do documento Política de Uso para verificar se a sua instituição se enquadra nos termos de uso da rede Ipê. O segundo passo é entrar em contato com o responsável administrativo ou técnico do PoP-SE. A candidata obterá, então, todas as informações adicionais e orientações necessárias para solicitar a qualificação como organização usuária.